• 27 OUT 14

    6-9 MESES

    A partir dos 6 meses

     

    A Carne

     

    • Inicialmente deve ser adicionada à sopa; sem pele ou gordura; começar pelo caldo de cozedura e posteriormente triturada com o puré de legumes;
    • Quantidades: inicialmente 1 colher de sobremesa até máximo 20-25 g por dia (pesar!);
    • Começar por carnes magras (frango, peru) e só depois passe para o borrego, coelho, vaca;
    • Nunca oferecer carne de porco antes de 1 ano de idade; Fígado e mioleira também não estão indicados devido ao alto teor de colesterol;
    • Dica: carnes com osso, cozer individualmente e aproveitar a água da cozedura para a confeção da sopa (passar passando sempre por um coador primeiro);

     

    O Glúten

     

    • Componente existente nas massas, pão, bolachas, cereais, papas, etc.
    • Alimentos permitidos: papa com glúten, bolacha Maria, pão (cuidado com possível engasgamento com pedaços grandes)
    • O Glúten introduzido antes dos 4 meses ou depois dos 7 meses aumenta o risco de desenvolver Doença Celíaca;
    • Introdução gradual de Glúten: preparar a papa com 1 colher em pó de papa com glúten o resto de papa sem glúten no 1º dia, aumentado para 2 colheres de papa com glúten no 2º dia, 3 no 3º e assim sucessivamente.

     

    A partir dos 8 meses

     

    • Peixes brancos e magros (pescada, linguado, solha, faneca)
    • Peixes gordos (salmão, cavala, atum, sardinhas) agora não. Só depois dos 10 meses
    • Fresco ou congelado mas de boa qualidade;
    • Cozer em separado por causa das espinhas;
    • Quantidade: aumentando gradualmente até ao máximo de 20 g/dia
    • Alternar na sopa a carne com o peixe;

     

    Outras Frutas

     

    • A partir de agora já pode comer fruta variada, à excepção de: pêssego, citrinos (laranja, tangerina, kiwi, etc), ananás, figos, uvas e frutos de polpa vermelha (morangos, amoras, mirtilos);
    • Após a refeição de sopa e como sobremesa;
    • Madura: esmagada, ralada. Cozida: puré.

     

    Plano “exemplo”

     

    • 6M: 1 sopa de legumes + fruta permitida; 1 papa de cereais com glúten; 4 refeições de leite materno ou adaptado.
    • 6M 1Sem: 1 caldo de carne (frango, peru) + fruta (maçã, pera ou banana, variando a confeção); 1 papa de cereais com glúten; 4 refeições de leite materno ou adaptado.
    • 6M 3Sem: 1 sopa com carne (progressivamente introduzir frango, peru, avestruz, coelho, pato, vaca, de acordo, com os hábitos da família) + fruta; 1 papa de cereais com glúten. 4 refeições de leite materno ou adaptado.
    • 7M: 2 sopas com carne e legumes (quantidade total diária de carne 25 a 30g apenas numa sopa ou dividida pelas duas sopas) + fruta; 1 papa de cereais com glúten; 3 refeições de leite materno ou adaptado.
    • 7M 2Sem: 2 sopas de carne e legumes + fruta; 1 papa de cereais com glúten; 3 refeições de leite materno ou adaptado. Ir progressivamente diversificando os alimentos, introduzindo 1 novo alimento de 3/3 dias, e progressivamente alterar a consistência das papas e sopas para cada vez mais grumoso.
    • 8M: 1 sopa de carne ou peixe com legumes; 1 puré de carne ou peixe com legumes e batata ou arroz + fruta (pode comer papaia, manga, melão); 1 papa de cereais com glúten; 3 refeições de leite materno ou adaptado.

     

    CONSELHOS GERAIS

     

    • Um novo alimento só deve ser introduzido quando o bebé estiver de perfeita saúde;
    • Nos intervalos das refeições ofereça água ao bebé;
    • Entre os 6 meses e 12 meses, a par da alimentação diversificada, manter quantidade de leite: 500 ml a 700ml/dia;
    • O horário da refeição deve ser respeitado;
    • Privilegiar o uso da colher;
    • A introdução de novos alimentos deve ser gradual, com aumento progressivo da sua quantidade e consistência;
    • Deve ser introduzido 1 alimento novo cada 3 a 7 dias;
    • Não forçar o bebé a ingerir a totalidade da refeição (come a quantidade que quiser);
    •   Não adicione açúcar, mel ou qualquer outro produto adoçante aos alimentos;
    • Durante o primeiro ano de vida não ofereça guloseimas nem adicione sal aos alimentos;
    • Higiene oral deve iniciar-se logo após a erupção do primeiro dente, utilizando uma pequena quantidade de dentífrico fluoretado de 1000-1500 ppm;
    • A refeição deve ser um momento vivido em família, com diálogo, alegria, persistência, paciência e amor.

     

Features

Marcação de Consulta

LISBOA


PORTIMÃO